domingo, 3 de maio de 2009

Um fantasma de mim despedaçado




Eu tentei sair...mas foi tão destrutiva aquela noite...em meio a tanta gente feliz e acompanhada, lá estava eu, triste e solitária!Não deu pra permanecer ali, meu peito gritava, explodia de dor..Resolvi voltar para minha casa...
No caminho de volta, as pessoas eram felizes nas plataformas das estações, cantavam, se divertiam, se abraçavam, davam risada!E eu era mais um coração destruído e sem graça meus passos eram gelados assim como todo o meu ser!
De repente me bateu um desespero, quando pensei na minha atual situação...Injusta e dolorida!Eu olhava para os céus e suplicava a Deus misericórdia, que ele não me deixasse desistir dessa vida, que ele escutasse minha voz...Nestes dias tão estranhos onde ninguém pode me entender eu só queria um abraço, uma palavra de alguém!
As lágrimas caiam insistentemente do meu rosto e eu já soluçava sem conseguir disfarçar....eu caminhava pela madrugada naquelas ruas sujas me perguntando porque tudo isso?
Eu errei, eu confesso que errei...Mas ele pode perceber o quanto eu padeci por saber que eu o fiz sofrer...a partir dali fiz uma promessa para comigo mesma que jamais eu o magoaria novamente e foi assim que eu comecei a agir, como eu sempre fui com ele, dedicada, carinhosa...Ele se trancou para mim e por mais que eu teimasse em perguntar se estava tudo bem ele respondia que sim...Eu tola acreditei...
Depois de algum tempo longe um do outro...eu estava louca de saudade, com uma vontade imensa de amá-lo, acarinhá-lo e propor uma nova vida pra nós dois, reestruturar o nosso relacionamento, fazer com este entrasse nos eixos e fosse cada vez mais maduro e abençoado...Ele não quis esperar por isso, e assim com palavras doídas de serem repetidas, me deixou...levantou-se e seguiu seu caminho!
Minha vida e meu coração morreram naquele dia 10 do primeiro mês do ano de 2009...Mas por amor, eu sabia que devia respeitar a decisão dele e tentar de alguma forma acalmar o meu peito...Dois dias depois fomos nos despedir, pois eu havia tomado a decisão de viajar e quem sabe não voltar, pra colocar minha cabeça no lugar e processar os acontecimentos dentro de mim...E foi neste dia em que vivemos um dos momentos mais mágicos do mundo...Em meio a um beijo que ele me roubou e lágrimas que nós dois derrumbavámos ele disse olhando fundo nos meus olhos:"você é a mulher mais linda do mundo, eu nunca vou te esquecer, ainda verei a mulher que eu perdi e me desculpe por eu não estar conseguindo"...Nos beijamos da forma mais doce do universo e logo nossos corpos se amaram cheios de fervor...Sorrisos existiam em nossos lábios...Ele seguiu seu caminho e eu peguei a estrada novamente!
Cada dia que passava pra mim, a saudade doía mais...e ter de reprimir aquele amor tão maravilhoso era como se eu tivesse que pegar meu coração e colocar no congelador todas as manhãs!
O tempo foi passando e eu decidi que iria voltar, iria lutar pelos meus objetivos, pela minha vida, e que iria superar tudo ainda que demorasse um dia eu iria conseguir...Eu também havia prometido a ele que nunca o abandonaria e já que ele disse que não queria me banir de sua vida eu resolvi voltar pra ser então esta amiga que ele me convidou a ser, pra então me dedicar a ele não mais como mulher e sim para ofertar meu colo e meu carinho quando este precisasse!
Assim que voltei logo nos vimos...conversamos de uma forma agradável, bonita...ele me parecia tão sincero em cada palavra, firme...porém quando já iámos nos despedir, ele virou para trás e sem jeito começou a dizer belas palavras e assim me beijou como nunca...e mais uma vez em nossa sintonia gritante, nos amamos loucamente...e ele se foi!
Aquilo me fez tão bem...me senti amada, desejada, senti meu corpo novamente ter calor!!!Eu sorria muito pelos dias que dali foram passando!
Só que era estranho, ele foi embora e não dava mais noticias, sumia...e com o passar do tempo meu coração ia sendo aos poucos esfaqueado por aquela ausência...Pensei, realmente acabou....Preciso superar isso tudo e tentar de alguma forma esconder este sentimento dentro de mim!
Um mês depois, numa tarde de sábado, do nada meu telefone tocou...era ele, dizendo estar em minha porta pedindo pra que eu descesse para abri-la...Fiquei muito surpresa com aquela visita inesperada e claro, por saber que ali estava o meu grande amor, minhas pernas ficaram bambas e minhas mãos tremulas...Ele estava tão bonito apesar de um semblante cansado...Nos sentamos para trocar poucas palavras...Seu olhar era esquivo à mim, parecia querer me evitar...Eu o respeitei em todos os momentos...Ele se levantou dizendo que precisava ir, então fui me despedir com um abraço, e mais uma vez fui surpreendida por um beijo roubado forte e intenso, seguido de abraços e uma sede imensa um do outro...Mais uma vez nos amamos e no final uma troca de carinhos eu ali então afagava o cansaço de meu amado em mais um momento mágico!Ele se foi e eu fiquei na porta olhando sua partida, sorrindo por fora e gritando por dentro, querendo dizer: fique meu amor, pra eu te acarinhar e te fazer dormir!
Dias depois nos vimos...conversamos, falamos de coisas da vida nos abraçamos muito e forte, porém nada aconteceu!!!Combinamos de na semana seguinte irmos juntos a um evento, mas quando chegou o dia do tal ele simplesmente sumiu, não deu noticia, eu o procurei mas não se manifestou!Resolvi ficar quieta...E em meio a um milhão de pessoas fomos colocados lado a lado eu não o vi..mas ele sim..então este me ligava e eu não conseguia atender...Não entendia o que estava acontecendo e cheguei a ficar preocupada do que poderia estar acontecendo!Então ao final daquele evento, eu sozinha estava do outro lado da cidade tarde da noite sem ter como voltar pra minha casa, pedi um apoio a ele pra que este me explicasse como voltar de ônibus, pois de trem já não tinha jeito!Ele me retornou com uma ligação e nos encontramos...Fomos conversando, e em meio àquelas palavras ele disse que houve uma hora em que estavámos um do lado do outro, mas que não me chamou pois viu eu conversando com um "cara" e que achou que este fosse algum afeto meu...Foi então que relacionei o fato de ele ter começado a me ligar justamente segundos depois de eu ter saido de perto deste tal "cara"...fiquei pensando, porque??Teria sentindo algo ao me ver falando com outrem??Isto ficou no ar, pois logo ele desconversou... Ele me ofereceu sua casa para passar a noite e eu aceitei, devido ao meu cansaço e o fato de já ser tarde da noite!
Chegando em sua casa, como sempre eu fui muito bem recebida por sua mãe, e logo pude tomar um banho e me deitar...Em seguida, ele também foi se banhar, e quando terminou veio para o quarto para dormir, e quando este apagou a luz se entregou à mim novamente, me beijava com toda a sua força e ali mais uma vez depositávamos um no outro todo o furor e sintonia de um sentimento talvez reprimido e machucado que nenhum dos dois sabe explicar...Depois coloquei ele em sua cama, pois estava muito cansado e fiquei ali do seu lado acarinhando e dizendo: dorme com Deus meu bebê...Ao amanhecer daquele dia, ele veio me acordar, e novamente aos beijos e seu toque suave sobre meu corpo me entreguei a ele e ele a mim...Foi belo...
Nos levantamos ainda cansados e viemos juntos rumo ao centro onde ele iria trabalhar e eu pegar o trem para voltar pra minha casa e também ir trabalhar...Durante o trajeto nós dois dentro do ônibus frente a frente ali conversando, eu agradeci dizendo: -"obrigada pelo adormecer e pelo despertar" ele respondeu "é sempre um prazer"!...Então desceu antes de mim e quando o ônibus arrancou novamente, de dentro eu acenei e ele também...Novamente depois disso, ele sumiu...E mesmo que eu o procurasse perguntando como ele estava, nunca tive resposta!Duas semanas depois liguei e ele me atendeu, eu disse ao mesmo que queria muito conversar e como era época de páscoa eu havia comprado um ovo e gostaria muito de entregá-lo, ele pediu desculpas pois naqueles dias estaria em avaliações na faculdade e estava sem tempo mas que assim que pudesse ele apareceria...O tempo passou e ele não apareceu e no dia da páscoa eu cheguei a mandar uma mensagem felicitando ele e sua familia pela data, e o mesmo não deu nenhum tipo de manifestação...Passei o dia triste, sozinha, chorando e pensando porque tudo aquilo poderia estar acontecendo!
Os dias continuaram a passar e eu sem nenhuma noticia, resolvi me calar também e mesmo com meu peito gritando de dor e saudade, achei melhor me afastar e não me pronunciar mais...Porém uma semana depois de eu ter tomado esta decisão, numa tarde de quarta-feira qualquer quando eu voltava do trabalho que por sinal eu havia saido mais cedo, do nada em pleno horário de pico em uma estação movimentada da cidade de São Paulo fomos mais uma vez colocados frente a frente...Por não saber o que andava acontecendo na vida daquele ser, a principio fui bem direta dizendo que este estava chato..Mas percebi que ele não estava bem...Os minutos que ali ficamos conversando ele me contou os últimos acontecimentos de sua vida, o que me deixou bastante preocupada e sensibilizada...Mas como eu poderia saber de tais acontecimentos? Se ele simplesmente se trancou para mim, e ainda que eu enviasse mensagens perguntando como estava tudo ele nunca respondia...Não dava nem um tipo de sinal...Por mais que o meu peito andasse mesmo aflito naqueles dias pensando muito nele e que talvez pudesse estar acontendo algo, o desprezo dele para comigo me fazia ter medo de ligar e de repente ser tratada com frieza ou então o mesmo não me atender ao ver que se tratava de meu número!
Depois daquele encontro inesperado viramos as costas um para o outro e eu então comecei a enviar mensagens novamente pra desejar um bom dia e dizer que tudo ia ficar bem e pra saber como estavam as coisas...Como sempre fui ignorada...Há três dias tento ligar para assim saber como está tudo, e não sou atendida...Mensagens são ignoradas, e-mails...Não consigo entender!
Fico pensando, o que pode estar acontecendo? O que eu posso ter feito de tão imperdoável assim pra ser tão desprezada, maltratada, esmagada!Como eu disse no começo eu sei que errei, mas eu me redimi e todos os dias venho fazendo de tudo pra ser melhor e nunca mais magoá-lo...Será que ele está se vingando de mim?Será que ele se aproveitou dos meus sentimentos?Será que fui usada?Eu não posso e não quero acreditar nisso, principalmente pelo fato de que estou falando do meu grande amor, do homem da minha vida, do homem que eu sempre admirei pelo caráter, honestidade, sinceridade e integridade...Ele não agiria de forma tão covarde assim comigo...Não!Até mesmo porque quando nos conhecemos ele sabia de todas as minhas dores e sempre me prometeu sinceridade independente de qualquer situação que viesse a existir...Eu só quero esclarecer tudo..só isso!!!
Me pergunto insistentemente porque?Porque ele disse que eu era a mulher de sua vida se não tinha certeza disso, se não tinha certeza de que estaria pronto pra ficar do meu lado e passar por cima de tudo...?Porque ele tantas vezes me abraçou e me olhou nos olhos e me prometeu coisas?Porque então depois que ele decidiu seguir outro rumo ainda me procurou para se entregar à mim?Porque ele está me maltratando tanto assim?Porque ele está fazendo comigo tudo o que prometeu que nunca faria a ninguém?O que eu devo pensar?Como eu devo agir?Devo escutar a minha razão que pede para eu sumir e nunca mais aparecer na vida dele, ou meu coração que pede para eu continuar amando-o e demonstrando isso a ele, e ter calma, paciência e tolerância?
Nunca me senti tão despedaçada em minha vida!
A impressão que tenho às vezes é de que somente meu corpo vive...pois minha alma já morreu há tempos...Sinto como se meu coração tivesse sido arrancando de meu peito com toda a força, escarrado, jogado ao chão e pisoteado!Sinto como se nada mais fizesse sentido...Não sinto mais meu corpo, ele está dormente, frio...O único brilho que os meus olhos vislumbram são os das amargas lágrimas que insistem em continuar caindo...A única coisa que me faz às vezes esboçar um sorriso tímido é a lembrança dos olhos e dos momentos felizes que passei ao lado de meu grande amado...Ele se foi, ele me despreza, e eu continuo o amando como nunca, talvez o meu único remédio seria seus braços...Mas já ando tão morta com tanta solidão que talvez eu não tenha mais forças!
Eu não sinto mais meu coração bater...E não sinto mais calor dentro de mim....Eu não sinto mais o sabor das coisas, não vou parar de cumprir as minhas obrigações, vou passando um dia, outro, tanto faz, nem sei mais...vamos ver até onde eu consigo caminhar...
Eu somente sei que tudo que eu ainda sinto é apenas um espectro de mim!

4 comentários:

Jessy disse...

Ow minha linda! procura ficar bem! Acho q independentemente do q aconteça no seu relacionamento, se ele vai se concretizar ou nao, nada dara certo se vc nao se cuidar e estiver bem primeiro... Sabe akela historia: "vou me amar, depois te amo"?.. Talvez ele esteja, sim, confuso, ou talvez ele esteja tentando te demonstrar q acabou, mas nao sabe como fazer isso diretamente... Enfim, fica bem! E jah sabe q qquer coisa eu to aki!
Bjo.

Café Expresso. disse...

Olá, estou passando para te convidar a conhecer o novo blog cultural da blogosfera. Blog Café Expresso.

Passe por lá e deixe seu oi cultural.

http://blogcafeexpresso.blogspot.com/2009/05/oasis-pisa-sem-solo-brasileiro.html

Jessica Berdych Laviere disse...

Oiii Lê,
Primeiramente peço-te desculpas pela minha ausência nos último dias.

Flor já passei por algo parecido,sei que vc o ama muito,mas será que vale a pena todo esse sofrimento causado a vc?
Ele parece estar indeciso,mas enquanto vc continuar sedendo as investidadas dele,ele ñ vai se decidir...continuará apenas te causando sofrimento.

Cuide-se primeiro,volte a fazer as coisas que tanta gostava,vc ñ deve continuar se culpando e se torturando por uma falha que cometeu,pois todos nós estamos sujeitos a errar.

Quem sabe quando estiver melhor consigo vcs retomem a relação,só ñ fique o esperando pela vida toda,vc é bonita e inteligente,ñ deixe a vida passar nem a fique olhando como uma mera expectadora,seja a agente da sua vida.

Se ñ for pra ser,ñ fique triste...siga em frente,a vida continua e sei que ela e Deus tem coisas maravilhosas esperando por vc,essa má fase vai passar e logo-logo o sol brilhará na sua janela.

Bjos!

Douglas disse...

Lindona!!!!

ñ preciso dizer que suas palavras contém cada dia mais sentimento neh?Sua expressão é cada vez mais bela,seu amor é cada dia mais lindo, besta de quem não consegue enchergar e valorizar isso!Fica triste não,teu sorriso é muito lindo,mostra ele pro mundo!
Te adoro muito viu mocinha!Qq coisa tamo ai!
bjok