segunda-feira, 6 de julho de 2009

Sinto, penso...Sou


Para ler escutando Loreena McKennitt- Tango to Evora: www.youtube.com/watch?v=Iijklrtljnw




Hoje resolvi falar de mim, falar do que eu sinto, penso, sou... Talvez muitas vezes eu tenha tentado fazer isso, mas nunca fiz com tanta vontade de expor aquilo que existe dentro deste ser que tanto diz sobre suas noites em claro perdidas em devaneios sobre um amor infindável!
Durante toda a minha vida sempre quis amar e acredito que minha história é escrita com base nisso. Amo demais. Já cheguei a acreditar que este seria o meu grande defeito, mas depois de muito analisar, compreendi que isso é e vai continuar sendo a minha maior virtude. A capacidade de amar é algo que poucos sabem desfrutar, alguns pensam que sabem, mas com certeza com o tempo irão perceber que amar é muito mais que belos dizeres, amar é o gesto que silencia a voz, aquilo que não se pode dizer, aquilo que só o vento pode traduzir, o que não se pode decifrar.
A vida me trouxe tantas situações lindas... Vivi coisas que somente à beleza das rosas na primavera podem ser comparadas... Muitas foram as estradas que percorri para encontrar e viver aquilo que sempre sonhei... E neste percurso tantos foram os tombos, desilusões, partidas que me causaram dor, ódio, solidão... Quantas vezes me senti humilhada, despedaçada, usada... Sofria muito, nunca entendi porque algumas pessoas conseguiam ser tão frias e injustas, quando tudo que eu fazia era amá-las e querer vê-las bem.
Eu continuei caminhando. E mesmo que em determinados momentos eu sentisse que fosse explodir, sempre pensei que Deus algum dia iria me trazer a calma e o entendimento daquilo tudo que eu sentia!
Foram arrancadas pessoas amadas, para um outro plano de maneira trágica, outras simplesmente acharam melhor se afastarem sem ao menos um abraço de despedida... Houve aquelas que simplesmente disseram: "não quero lhe ver e nem falar contigo mais"... E me perguntei, porque isto se amo tanto?
Gritei, chorei, quebrei coisas dentro de casa, quis ir embora, prometi que nunca mais me pronunciaria sobre! Foi então que decidi olhar para dentro de mim para achar as respostas, sempre soube que as encontraria!
Posso afirmar hoje que encontrei quase todas elas... Digo quase, pois ainda há muito para descobrir, visto que como todo ser humano estou em constante evolução e eu quero sempre mais... Quero mais flores, sabores, desejos, brisas suaves no fim das tardes... Sorrir! Quero amar mais o que já amo, e aprender a amar aquilo que desconheço... Lembrar dos que me fizeram sofrer, com amor, e acariciar esta lembrança com sutileza oferecendo meu abraço sincero, meu peito aberto a quem me desprezou e humilhou, todos erram e quero sim viver com as diferenças, não sou ninguém para apontar os erros ou atitudes, assim sendo tudo se torna compreensível...Quero mais luz, construção...Quero poder te ver amanhã, poder abraçar-te sem medos ou ressentimentos e dizer que é muito bom ter notícias suas, quero desejar que seu caminho seja guiado pelo criador, podendo então virar as costas sabendo que nada carrego em mim além de amor incondicional, este que soube respeitar as escolhas do ser amado...Eu quero a sensação de leveza na manhã de um dia de agosto nostálgico pra dizer que tudo valeu a pena, cada toque, respiração, lágrima...Quero sentir cada vez mais o meu coração como agora: puro e sem dores. Apenas certo de que ama livre de qualquer sentimento de posse!
Eu quero deixar viver, só isso! E posso!
Enfim, descobri o porquê de tudo ter acontecido como aconteceu em minha vida até agora... Eu precisava encontrar o equilíbrio, sozinha... Por mais dolorido que tenha sido a recompensa está sendo maravilhosa, descobri que esta sou eu quando falo de meus anseios e eles são palpáveis, consigo vivê-los... Descobri que amo o belo e que não preciso tocar para sentir... Eu posso amar sem querer algo em troca, apenas com a pureza daquilo que existe aqui dentro, é suficiente acredite! O amor é eterno sim e eu sei dominá-lo, logo lhe amarei para todo o sempre!
Portanto, sou, penso e sinto isso! Tenho orgulho de cada segundo de minha existência... Com o tempo irei contar muitos e muitos outros capítulos deste meu incrível retrato chamado "amor"- a definição do que me guia!

8 comentários:

Tomáz disse...

Agora acho que conseguirei comentar!rs
Preciso confessar que ao ler este seu texto derrubei algumas lágrimas.A sua força e lealdade de sentimentos é realmente algo emocionante,Ale vc deve logo concluir o projeto de seu livro,cada vez mais está melhorando a forma como vc expressa seus sentimentos e é chocante a simplicidade que vc os descreve.
Seu sentimento é maduro, lindo, puro, algo que não se encontra em qualquer lugar, ler sobre vc se torna prazeroso cada vez mais!
Foi muito bom o nosso café hoje,mais gostoso ainda foi poder te abraçar a matar a saudade daquela Alessandra que eu há muito conheço.
Mulher vc é apaixonada e apaixonante!Lamento muito por tudo que tem te acontecido´, mas aconteceu e vc sabe que tem a força e a vontade de superar tudo isso sem mudar a sua essência.Um dia irão saber te valorizar minha querida,pode ter certeza!Conta comigo seja para o que for!Pense sempre que no mundo não existem mais pessoas assim como vc!Eu quero muito ver teu sorriso lindo sempre ok?
Adoro vc Lê!
E mais uma vez parabéns por todo o seu talento e dedicação a ele!
Beijão!!!!

Tomáz disse...

Esqueci de comentar que o seu gosto musical continua apuradissímo!Esse som da Loreena é perfeito!
Beijos linda!

Sistema Zombie\ Nildo Junior disse...

Muito legal o texto, vc escreve muito bem.
parabens pelo blog.

Alexander Toiévski disse...

queria ter vc como meu amor
vc é retrato de um mulher que sempre sonhei

http://cronicasdigital.blogspot.com/

Felipe de Oliveira disse...

Ótimo texto Alê!(olha a intimidade... rsrs Mas é que parece que te conheço à 137 anos) Seu texto expressa como me sinto às vezes também... Aliás, acho que todo ser humano se sente assim em algum momento... Parabéns!

Felipe de Oliveira disse...

corrigindo: há 137 anos!

Fábio Flora disse...

Meu tio adora essa cantora! Ah, e ótimo sentir o coração batendo e sem dores! Abraços e sucesso com o blog!

Buh disse...

Suas palavras sao fantasticas, Parabéns, fiquei pasma com tanta lealdade de sentimentos, é de emocionar qq um, parabéns, adorei... me viste tbm, bjs